Google SketchUp - Melhores Relatórios e Apresentações com Modelos 3D

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011 18:53:00 Categories: CAD Relatórios e Apresentações
Rate this Content 2 Votes

Seja qual for a sua área de atuação, você sempre deverá apresentar algum tipo de relatório para um cliente ou gerente.

 

 

Na área de Telecomunicações, a grande maioria dos relatórios ou apresentações possuem praticamente os mesmos formatos tradicionais.

De certa forma isso é bom, pois a padronização permite uma maior facilidade em se extrair o conteúdo que realmente importa dos mesmos.

Mas isso não impede que você melhore a apresentação dos relatórios tradicionais, incluindo uma melhor experiência principalmente em termos de visualização.

Nessa linha, podemos por exemplo fazer gráficos, tabelas e mapas mais simplificado e claros, destacando apenas os dados relevantes.

Mas existem ainda outras formas de surpreender em um relatório tradicional, por exemplo inserindo modelos 3D, mesmo simples, para melhorar ainda mais essa experiência.

Então, vamos conhecer hoje uma fantástica ferramenta que nos ajuda bastante nessa atividade, o SketchUp do Google.

 

Site do Programa

A primeira ação, naturalmente é baixar essa ferramenta gratuita do site do Google. Visite o site, baixe o arquivo de instalação, e proceda com a instalação padrão.

Website: http://sketchup.google.com/

 

O Programa

Após baixar e instalar o SketchUp, abra o mesmo.

 

Surge uma primeira janela, onde você pode escolher qual será o seu sistema de unidades (1), por exemplo se vai usar Pés ou Metros. Escolha o mais apropriado, e clique em ‘Start using SketchUp’ (2).

 

Pronto, você já está no ambiente do programa.

 

Mas antes de começarmos a utilizá-lo, vamos fazer algumas observações.

Primeiro, o SketchUp é um programa realmente fantástico, para a sua finalidade. Mas isso não significa que a utilização do mesmo seja trivial, principalmente se você não tiver nenhuma experiência com algum software de CAD ou Desenho.

Embora o programa seja realmente muito mais fácil de utilizar comparado aos seus concorrentes e similares, pode parecer a princípio confuso para muita gente. Nada porém que nos impeça de alcançarmos o que buscamos.

E é aí que entra a segunda observação: você precisa saber exatamente o que quer.

Como um pintor diante de uma tela em branco já sabe o que irá desenhar, você deverá ter mente o que deseja criar.

Uma observação final é: não espere uma obra de arte logo nos seus primeiros modelos. Isso requer sem dúvida prática, mas com certeza você vai melhorar bastante com o tempo, principalmente após se familiarizar com as principais (e simplificadas) ações disponíveis.

Com certeza Pablo Picasso não fez um desenho perfeito em seu Jardim de Infância, mas veja o que a prática fez desse grande artista. (Tudo bem, você não precisa ter o talento de Picasso, mas com certeza poderá criar seus desenhos muito bem).

Então, feitas essas observações, vamos continuar.

 

Começando...

O próximo passo então é se familiarizar com a Interface, e suas principais possibilidades. Estamos falando de modelos 3D, e então o conceito de Superfície é um dos básicos aqui.

Todo modelo 3D é composto de superfícies. Por exemplo, um dos modelos 3D mais simples é uma caixa como a mostrada abaixo.

 

No SketchUp você desenha principalmente a partir de quadrados e círculos básicos (2D), e utiliza uma ferramenta muito interessante (‘Push/Pull’) que permite que você altere a superfície original (1) para o modelo final desejado (2).

 

Adicionando as formas básicas, e trabalhando com as mesmas, você vai então criando o seu modelo final de forma muito simples.

 

Outro conceito muito importante é a dos eixos de altura, comprimento e profundidade, mostrados respectivamente em Azul, Vermelho e Verde na imagem abaixo. Observe que o SketchUp tem também a imagem de uma pessoa, que serve como auxílio para referência 3D.

 

Por exemplo no SketchUp o nosso desenho ficaria como mostrado na figura abaixo.

 

Perceba que ainda não estamos falando da utilização da interface do programa, mas sim explicando os principais conceitos básicos.

Concluindo essa parte então, o programa oferece ainda outras ferramentas úteis na edição, como ‘Select’, ‘Erase’, ‘Move’, ‘Zoom’, ‘Pan’ e ‘Orbit’ – que permite que você visualize o seu desenho de qualquer ângulo ou referência, e pode ser acessada com a roda do mouse, como fazemos no Google Earth.

 

Todas essas ferramentas são bem simples de se utilizar, e intuitivamente entendidas com o uso. Por isso, não vamos detalhar a utilização de cada uma delas. Além de serem comuns a maioria dos programas de edição de imagens.

Se você deseja trabalhar logo com todas as ferramentas disponíveis, simplesmente acesse o Menu: View -> Toolbars -> Large Tool Set.

 

Essa barra facilita o acesso a algumas ferramentas como a ‘Freehand’, para desenho livre. Mas lembre-se que independente das mesmas estarem aparecendo ou não na barra, podem ser encontradas nos diversos Menus existentes.

Nota: se você está começando, não aconselhamos que vá experimentando tudo sem saber o que fazer. Como dissemos, é preciso que você esteja familiarizado, e entenda certos conceitos básicos, caso contrário, pode parecer confuso.

Uma ferramenta de edição que você deverá utilizar bastante é a ferramenta ‘Line’. Com essa ferramenta você poderá ir desenhando as suas dimensões, e depois interligando as mesmas, criando as mais diferentes formas.

E para todas as ferramentas selecionadas (em uso), você tem a opção de um pequeno Instrutor na tela, mostrando as principais ações disponíveis.

Veja por exemplo o Instrutor (com a ferramenta ‘Line’ selecionada).

 

É importante que você tenha domínio na utilização dessa ferramenta, principalmente aproveitando os auxílios que o SketchUp inclui em tempo real.

Por exemplo, quando você começa a desenhar uma linha qualquer, ele informa em qual eixo a mesma está alinhada (Através de um texto na tela, e também pela cor da futura linha). Simplesmente clique num ponto inicial, e mova-se para o ponto final, dando outro clique: a linha é criada.

 

A medida que você vai desenhando, ele vai te dando outras informações, como de onde está se originando a nova linha. Mova-se para outro ponto qualquer, e dê um novo clique para criar uma nova linha.

 

Se a nova linha a ser criada não estiver alinhada com nenhum eixo, ela aparece com a cor Preta. Além disso, se o ponto estiver tal que permita que você conclua o desenho, o SketchUp também informa (veja a linha Vermelha na figura, mostrando que se você criar o seu ponto onde está o lápis, poderá fechar o polígono como previsto).

 

Continuando, e fechando esse polígono (embora fosse possível criar quanto mais linhas desejássemos), temos então uma superfície.

 

Para continuar demonstrando um pouco mais, vamos usar a ferramenta ‘Push/Pull’. Selecione essa ferramenta, clique numa área do polígono, e arraste com o mouse para cima.

 

Selecione novamente a ferramenta ‘Line’, e mova-se com a mesma pelas bordas de um dos lados do nosso modelo. Veja que dependendo de onde o mouse esteja, o SketchUp informa que é um ponto na Borda (uma pequena bola Vermelha ‘On Edge’), é um ponto no Meio (bola Azul ‘Midpoint’) ou é um ponto das Extremidades (bola Verde ‘EndPoint’).

 

Dessa forma, você pode tem o auxílio visual para realizar as suas edições. Para continuar exemplificando, vamos criar uma linha a partir do meio dessa borda, até o centro da outra borda (meio do modelo). Clique no meio da primeira borda, e mova o mouse até o meio do modelo, até que apareça a sugestão visual (meio da outra borda).

 

Continuando, mova-se e clique então no ponto da sugestão anterior.

 

Com a ferramenta ‘Push/Pull’, arraste a parte maior do modelo para cima, e a menor para baixo (apenas para praticar).

 

Perceba que já temos um modelo, e conseguimos demonstrar as principais ações que devem ser dominadas por você.

É claro, ainda existem muitas ações e ferramentas interessantes, e você vai conhecendo melhor assim que começar a praticar.

Por exemplo, podemos obter o mesmo resultado anterior da seguinte forma. Primeiro, traçando uma linha de um ponto do meio da primeira borda para a última borda.

 

Em seguida, traçamos uma outra linha, ligando o meio da linha recém criada com a borda lateral.

 

Por fim, selecionamos a ferramenta ‘Erase’, e clicamos na linha que queremos apagar.

Note que o resultado é o mesmo, e muitas vezes essa opção de traçar várias linhas e depois apagar as indesejadas é bem interessante.

E lembre-se que você tem liberdade em vários aspectos. Por exemplo, pode selecionar a Ferramenta ‘Circle’, inserir o mesmo em uma borda, e continuar editando como vimos anteriormente, de acordo com o seu objetivo.

 

Ainda temos diversas ferramentas e ações e truques inexplorados aqui, mas como já mencionamos, você pode aprender facilmente com o uso.

 

Geo-Referenciando

Vamos agora ver um cenário mais prático.

Suponha que você tenha feito um projeto para atendimento de um prédio de 5 andares, próximo a sede do Google (GooglePlex). Não seria mais interessante apresentar uma visualização 3D para os seus clientes?

Então, acesse a ferramenta ‘Add Location...’ (1).

 

Em seguida, navegue até a sua região de interesse, via navegação normal do Google Maps e/ou através de uma busca - botão ‘Search’ (1).

 

Continuando, clique no botão ‘Select Region’ (1 na imagem acima), e ajuste a região que contenha as imagens desejadas. Para terminar, clique no botão ‘Grab’ (2).

 

As imagens aéreas ficam então disponíveis no SketchUp, e podemos então ‘construir’ o nosso novo edifício.

 

Navegue no SketchUp até a área onde o nosso edifício fictício será construido, e desenhe um retângulo no chão.

 

No canto inferior da tela, você pode ver as dimensões do recém criado retângulo.

 

Mas vamos supor que o nosso edifício tenha 60 x 30 metros. Simplesmente digite os valores 60,30 na caixa de texto, e tecle ‘Enter’. O nosso retângulo passa a ter então essas dimensões.

 

Você pode usar esse artifício também quando estiver desenhando uma linha. Basta digitar o valor exato, teclar ‘Enter’ e o desenho assume esse valor.

Selecione agora a ferramenta ‘Push/Pull’, e arraste a superfície superior para cima. Em seguida, digite o valor ‘3.5’ na caixa de texto ‘Dimensions’: assim o nosso primeiro andar foi criado, e tem exatamente 3.5 metros de altura.

Agora selecione a ferramenta ‘Select’, e selecione todo o nosso modelo.

 

Com o modelo selecionado, digite CTRL + C para copiar (ou acesse pelo Menu Editar). Em seguida, digite CTRL + V (para colar). Se desejar mais precisão, clique na ferramenta ‘Zoom Extents’ (1).

 

Continue colando os andares até o final, e o nosso ‘edifício’ está praticamente pronto.

 

Se desejar, utilize a ferramenta ‘Paint Bucket’ (1) e pinte os andares.

 

Agora, salve esse modelo. Em seguida, faça o preview da mesma no Google Earth, acessando a ferramenta correspondente na barra de tarefas (1).

 

3D WareHouse

Tudo bem, talvez você não tenha habilidades, e inicialmente não tenha muita confiança para começar a fazer os seus próprios modelo 3D do zero.

Não tem problema, você pode começar acessando o 3D Warehouse, e baixando inúmeros modelos prontos.

 

Há muita chance inclusive de você encontrar o seu edifício desejado já ‘construído’ por algum contribuinte. Se for um edifício ‘famoso’, é praticamente certeza que o mesmo esteja disponível.

Se não estiver pronto, porque não se habilitar, e ajudar para mapear o mundo? Você pode fazer o seu modelo, e depois compartilhá-lo.

 

No caso específico de Telecom, talvez você deseje baixar um modelo de uma torre?

O 3D Warehouse também oferece. Você pode navegar pelos diretórios, ou mesmo fazer a familiar busca do Google. Veja por exemplo uma busca por ‘cellular tower’.

 

Basta clicar em ‘Download Model’.

E em seguida, ajustar o modelo de acordo com a sua necessidade, por exemplo redimensionando-o ou movendo para o local adequado.

 

Outras Funcionalidades

Como você deve ter percebido, existem diversas possibilidades além das demonstradas aqui. O SketchUp tenta facilitar ao máximo o seu trabalho, por exemplo fornecendo texturas para as suas contruções.

 

A sugestão então é: praticar!

E novamente, a dica: definir bem aquilo que você deseja ou procura é fundamental. Agindo dessa forma, em pouco tempo praticando você se tornará um verdadeiro especialista em Modelos 3D!

 

Conclusão

Este foi um breve resumo do SketchUp, mais um fantástico programa do Google que facilita bastante a construção de modelos 3D, permitindo por exemplo que você agregue mais valor a seus relatórios e apresentações tradicionais.

Vale a pena testar, e descobrir você mesmo todo o potencial que o programa tem a oferecer.

Espero que tenham gostado. Deixes o seu comentário logo mais abaixo. E até nosso próximo encontro!